Learn2Behave

Learn2Behave

Código: 02/SAICT/2016

Domínio Científico Principal:

Área Científica Principal:

PARCERIA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA

INSTITUTO POLITECNICO DE COIMBRA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL

INESC COIMBRA-INSTITUTO DE ENGENHARIA DE SISTEMAS E COMPUTADORES DE COIMBRA

INVESTIGADOR RESPONSÁVEL IPC

MARTA ALEXANDTRA REIS LOPES (ESAC)

FINANCIAMENTO

Investimento Elegível:  136.934,74 €

Investimento Elegível IPC: 33.895,63 €

DESCRIÇÃO SUMÁRIA

O aumento da eficiência energética tem sido apontado como um grande objetivo social, motivando muitas estratégias que têm procurado transformar o mercado, com grande sucesso no que diz respeito à substituição de velhas tecnologias por novas soluções de menor consumo. Contudo, para além da dimensão tecnológica, a diferença entre o consumo potencial e o consumo verificado para um mesmo nível de satisfação de serviço é particularmente dependente dos comportamentos, materializados pelas escolhas dos utilizadores quando utilizam os equipamentos de uso final. Esta dimensão comportamental ganhou recentemente uma importância ainda maior ao ser colocada como alvo das chamadas redes inteligentes. No entanto, o conhecimento sobre comportamentos em termos de consumo energético é ainda muito limitado, sendo naturalmente muito específico da realidade social dos consumidores em causa pois depende de múltiplas variáveis (pessoais, contextuais, tecnológicas, ambientais, etc) e áreas disciplinares. Sem este conhecimento, a conceção de medidas de eficiência energética com impacto ao nível dos comportamentos é seguramente pouco eficaz, e essa tem sido a perceção de vários intervenientes neste projeto, no âmbito da sua ação enquanto consultores ou promotores de medidas de eficiência energética.

O objetivo deste projeto é assim caracterizar comportamentos nos territórios abrangidos pelas entidades participantes, procurando contribuir para uma maior eficiência energética e redução de custos, disseminando boas práticas como forma de retribuição pela colaboração dos consumidores. O envolvimento curricular dos estudantes ocorrerá em todo o processo, começando pela análise dos aspetos a identificar, através de uma exploração sistemática de elementos de consumo final e das possíveis influências das diferentes opções que os consumidores podem tomar no seu consumo final e na sua fatura de energia, assim como no desenvolvimento de formas de interação inovadoras, destinadas a atingir um público jovem. Como corolário, espera-se que a aprendizagem efetuada em todo o processo resulte igualmente numa transformação dos próprios estudantes envolvidos enquanto consumidores de energia e indutores de transformação no seu contexto familiar.

O desenvolvimento do projeto decorrerá numa abordagem multidisciplinar, incluindo engenharia eletrotécnica, ambiente, informática e ciências sociais, e está estruturado em 3 grandes atividades, a caracterização dos comportamentos no consumo de energia, o desenvolvimento de aplicações móveis destinadas a facilitar a interacção com consumidores, e finalmente a análise dos dados recolhidos e a criação de um sistema de processamento que deverá subsistir para lá do fim do próprio projeto. Para além dos resultados específicos sobre comportamentos, esperam-se ganhos na aprendizagem dos estudantes, com impacto previsível ao nível do seu próprio comportamento como consumidores a na sua influência sobre outros.

Período de execução:

Data de início: 01/04/2017

Data de termo: 30/09/2018

Localização:

Centro: %

Sul: %

 

Comments are closed