BuildfromForest

 

BuildFromForest

Edifícios de Madeira de Elevado Desempenho

High-Performance Timber Buildings

ABSTRACT

The purpose of this application is the development, characterization and demonstration of a product capable of building large buildings with extreme speed and quality. The product consists of a fully prefabricated module, made by wood, which is portable and simply and quickly dock able. As an operational objective and for example, a building with 200 rooms (110 modules), spread over 10 floors concluded in three weeks with a team of 10 people, approaching almost a concept type ‘plug and play’. The region where IPCB is, has the largest forest in the country, which however does not have a manufacturing industry that properly values it. This application thus represents a double opportunity to demonstrate the economic potential of the Portuguese pine forest in the production of CLT panels and simultaneously obtaining a final product ready to market, with a focus on export, with great character of innovation and positive distinction compared to traditional solutions.

Domínio Científico Principal: Ciências da Engenharia e Tecnologias

Área Científica Principal: Engenharia civil

Área Científica Secundária: Engenharia da Construção, Municipal e de Estruturas

PARCERIA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA

SERQ – CENTRO DE INOVAÇÃO E COMPETÊNCIAS DA FLORESTA – ASSOCIAÇÃO

FLORIANO & FILHO, UNIPESSOAL LDA

TISEM, LDA

INVESTIGADOR RESPONSÁVEL IPC

TERESA CRISTINA MELO FRAGOSO (ISEC)

FINANCIAMENTO:

Investimento elegível global: 106.744,51  €

Investimento elegível IPC: 6.510,66 €

DESCRIÇÃO SUMÁRIA

O propósito desta candidatura tem como objectivo o desenvolvimento, caracterização e demonstração de um produto capaz de executar edifícios de grande porte com extrema rapidez e qualidade. O produto consiste num módulo totalmente pré-fabricado, transportável e acoplável de forma simples e rápida.

O módulo construído numa estrutura integral em madeira deverá ser totalmente infra-estruturado (abastecimento de água, drenagem, instalações eléctricas e telecomunicações, sistemas de climatização e ventilação) e revestido, viabilizando a construção em tempo record.

A geometria e dimensões de cada módulo assemelham-se a um contentor marítimo, facilitando o transporte terreste e marítimo. Este constrangimento geométrico obriga a um exigente desenvolvimento conceptual de arquitectura e correspondente integração de engenharia. Existirão, naturalmente, várias tipologias de módulo (quarto, cozinha, refeitório, etc). Vislumbram-se desde já alguns desafios a serem resolvidos, como são exemplo: conforto acústico e térmico, segurança contra-incêndios, resistência sísmica, criação de zonas ‘open-space’ e interligação de comunicações verticais e horizontais (corredores e caixas de escadas ou elevadores), entre muitos outros, sem esquecer a logística.

A arquitectura de emergência associada à resposta a realojamento por catástrofes naturais ou crises de refugiados, bem como alojamento temporário por eventos desportivos ou grandes obras (refinarias, barragens, etc), são alguns dos exemplos de aplicação do produto que aqui se descreve, com possibilidade de desmontagem, armazenamento e reutilização dos módulos.

No destino final, os módulos são sobrepostos até à configuração final com auxílio de grua e ferramentas manuais.

Como objectivo operacional e a título de exemplo, um edifício com 200 quartos (110 módulos), distribuídos em 10 pisos conclui-se em 3 semanas com uma equipa de 10 pessoas (com excepção da fundação). Os processos críticos na acoplagem dos módulos, dizem respeito à interligação dos sistemas hidráulicos, eléctricos e mecânicos bem como à necessidade de garantir a estanquicidade e impermeabilização do conjunto, tudo isto minimizando a extensão e complexidade das operações aí associadas (aproximando-se quase a um conceito tipo “plug and play”).

A imagem presente no cabeçalho do cronograma do projecto ilustra o ciclo de produção desta solução construtiva. Em súmula, a região onde se insere esta candidatura possui a maior mancha florestal do país, a qual contudo não tem uma indústria transformadora que a valorize adequadamente. Esta candidatura representa assim uma dupla oportunidade de demonstração do potencial económico da floresta portuguesa de pinho bravo na produção de painéis CLT (com mercado muito mais amplo que o âmbito deste projecto) e simultaneamente na obtenção de um produto final pronto a comercializar, com enfoque na exportação, com grande carácter de inovação e distinção positiva face às soluções tradicionais.

Período de execução

Data de início: 01.07.2017

Data de termo: 31.12.2018

Localização

Centro: 100 %

 

 


Comments are closed