Lab2factory

Lab2Factory

Reforço da transferência do conhecimento científico e tecnológico para as fileiras agroalimentar e florestal

Código Universal: CENTRO-01-0246-FEDER-000020-Candidatura 6644

PARCERIA

PROJECTO INDIVIDUAL: INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

LABORATÓRIOS SISUS E VALOREN

INVESTIGADOR RESPONSÁVEL IPC:

CARLOS JOSÉ DIAS PEREIRA (ESAC)

FINANCIAMENTO:

Investimento Elegível: 213.438,39 €

Apoio da União Europeia:

Incentivo Não Reembolsável – FEDER: (85 %)- 181.422,63 €

Investimento elegível IPC:  213.438,39 €

DESCRIÇÃO SUMÁRIA:

Caracterização:

O projecto Lab2Factory é uma operação integrada no Sistema de Apoio a Ações Colectivas (SIAC), enquadrada no Aviso de Abertura de Concurso CENTRO – 46 – 2016 – 01 do Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020 (PO Centro 2020), mais especificamente na tipologia valorização económica e transferência de conhecimento científico e tecnológico.

O projecto encontra-se estruturado em 3 acções e 15 actividades específicas, todas devidamente identificadas e articuladas entre si, e que visam:

(1) fazer o levantamento e promoção da oferta de tecnologia e conhecimento no âmbito da fileira agroalimentar e florestal, com potencial de transferência e de valorização económica no mercado regional e nacional bem como de necessidades de tecnologia e conhecimento das empresas;

(2) ações de disseminação e de difusão de novos conhecimentos e tecnologias geradas no âmbito da I&D desenvolvida no Politécnico de Coimbra, direccionadas para o tecido empresarial através da realização de projectos piloto demonstradores e com a realização de acções sectoriais de experimentação;

(3) realização de iniciativas de interacção com o ambiente empresarial, para a sensibilização, partilha e mapeamento de oportunidades de desenvolvimento de novas aplicações de tecnologias e conhecimentos nas fileiras agroalimentar e florestal com o objectivo de fomentar a geração de novas ideias e projetos de I&D.

Os beneficiários envolvidos, que são comuns às 3 acções, serão empresas das fileiras agroalimentar e florestal. A acção incidirá particularmente sobre empresas dos sectores da transformação de produtos vegetais, dos lacticínios, das carnes, do papel e da cortiça, relativamente a soluções desenvolvidas ao nível do laboratório SISUS. Já no caso das soluções desenvolvidas ao nível do laboratório VALOREN, o foco serão as empresas agrícolas e do sector agroalimentar, para além das dos sectores farmacêutico, dos têxteis e do calçado.

A concepção do projeto prevê a criação de metodologias inovadoras na região, como sejam o desenvolvimento de cinco unidades piloto e um campo experimental, com acções de disseminação e divulgação de conhecimentos e tecnologias, abertos a todos os produtores e empresas dos sectores agroalimentar e florestal.

Deste modo será instalado um Campo Experimental das plantas aromáticas e medicinais (PAM) e serão implementadas as seguintes Unidades Piloto:

(1) Piloto para produção de requeijão com recuperação de energia;

(2) Piloto para a valorização dos efluentes da indústria papeleira;

(3) Piloto de tratamento do efluente de lavação para a indústria corticeira;

(4) Piloto para secagem de cortiça;

(5) Piloto para extração e concentração de componentes bioactivos de plantas.

A criação de Comunidades de Inovação, com empresas, centros de investigação e agentes da envolvente regional para a geração de ideias em torno da I&D aplicadas às áreas temáticas do presente projeto, constitui outro factor inovador deste.

Além de criar uma estrutura de aproximação entre o STC e o tecido empresarial, procura-se com esta acção gerar e construir novos projetos em torno das actividades das fileiras agroalimentar e florestal, numa óptica de competitividade e inovação regional, o que se considera bastante inovador na região e no país.

Localização:

Centro: 100%

Período de execução:

Data de início: 15/05/2017

Data de fim: 15/05/2019

 

Cofinanciado por:

 

Comments are closed